Mulher é estuprada em viela no litoral de SP enquanto segurava filho de 3 anos no colo

Uma mulher de 27 anos foi violentada por um homem armado com um punhal enquanto segurava seu filho de três anos no colo. O crime ocorreu em uma viela no bairro Balneário Itaguaí, entre as ruas Orlando Ramalho e Geiza Marcok, em Mongaguá (SP).

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima estava caminhando de um comércio para casa quando foi abordada pelo suspeito, que estava de bicicleta. Inicialmente, a mulher pensou que seria assaltada e ofereceu R$ 50, mas o homem recusou o dinheiro e a arrastou pelos cabelos até uma viela, onde cometeu o estupro. Durante o ataque, a mulher manteve o filho chorando em seu colo.

Após o estupro, o agressor exigiu o dinheiro da vítima e a mandou ir embora sem olhar para trás. Em seu depoimento à polícia, a mulher relatou que, apesar de ter chorado, o filho não sofreu ferimentos físicos.

A Polícia Militar foi acionada e a mulher foi levada ao Hospital e Maternidade de Mongaguá, onde recebeu atendimento e passou pelo protocolo para vítimas de abuso sexual, incluindo a administração de medicações preventivas. Posteriormente, ela foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para a realização de exame de corpo de delito e coleta de material biológico que pode ajudar na identificação do agressor.

O caso foi registrado como estupro e roubo na Delegacia de Mongaguá e está sendo investigado pela Polícia Civil. Até o momento, o suspeito não foi preso.

Por fim, leia mais O Mariliense

Veja também...

Rolar para cima